sábado, 13 de setembro de 2014

Cantareira, a represa que agoniza!

A represa agoniza a cada dia que passa e não temos informações da real situação da reserva de água do sistema Cantareira e os responsáveis não fazem nada, apenas acreditam nas chuvas que teimam em chegar. É lamentável que a população com o maior PIB do país fique refém de um Estado inerte. Pelo sistema Cantareira é feito o abastecimento de 374 municípios, dentre esses estão São Paulo e Campinas, com as maiores populações do Brasil e essas regiões são atendidas pelo Consórcio das Bacias do PCJ, que inclui os rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, que também estão agonizando com a seca.
Em que momento haverá a atuação dos órgãos responsáveis (os gestores irresponsáveis)? Quando irão sair da inércia, para amenizar o impacto da forte seca que assola a região sudeste e principalmente o Estado de São Paulo? 
O Estado de São Paulo nunca viveu uma crise hídrica que nem essa. Estamos vivendo a maior seca dos últimos 80 anos.
E ainda, é importante lembrarmos que a represa está sendo assoreada e se nada for feito imediatamente, mesmo que volte a chover aos níveis necessários, não teremos mais a mesma reserva, o nível da capacidade de água da represa será reduzido e com isso voltaremos a ter sérios problemas no abastecimento das cidades.
Enquanto eles não fazem nada, a população pode fazer a sua parte, economizando a água que ainda persiste em correr em nossas torneiras, mas de nada irá adiantar se não tivermos ações imediatas para amenizar a agonia que a represa vive atualmente. Fique de olho, denuncie quem está fazendo uso indevido da água, lavando calçadas, quintais e até mesmo seus veículos.
E nós, profissionais de SMS, podemos adotar medidas que amenizem o consumo da água nas empresas, pois agora a atitude preventiva será só para a próxima seca, quem sabe daqui mais 8 décadas. Vamos verificar o uso desnecessário de água. Rever o uso de embalagens descartáveis, pois as canecas neste momento se tornam uma das responsáveis pelo consumo de água ao serem lavadas. Os testes nos sistemas de hidrantes terão que esperar ou ao menos serem reduzidos ao mínimo possível, se o fogo vier não teremos nem água para apagá-lo. Devemos ficar de olho nos jardineiros, lavadores, o pessoal em geral da limpeza, que normalmente não são acompanhados em suas atividades diárias.
As previsões são desanimadoras, segundo especialistas a reserva morta do Cantareira deve acabar nos próximos meses, e depois disso ninguém sabe o que será da população com o maior PIB do país, e ainda, fica o questionamento, o que irá ocorrer após as eleições, todas as atitudes indicam que eles estão inertes devido ao processo eleitoral do país e o racionamento virá depois, mas se tivermos o segundo turno, ai sim a situação irá piorar mais ainda.
Esse assunto é polêmico, e caberiam aqui muitas outras considerações, mas o mais importante é o alerta, vamos fazer algo para sairmos da inércia, esse é o momento de realizarmos pressões para a criação de políticas efetivas que protejam nossos recursos hídricos e garantam que a água chegue em nossas torneiras nas próximas décadas, afinal, ninguém vive sem água. E já diziam Sá e Guarabyra com a música Sobradinho - O sertão vai virar mar e o medo que algum dia o mar também vire sertão. Vamos praticar o reuso. Pense nisso! 
Atualize-se da situação atual dos mananciais de São Paulo, clicando neste link: Sabesp - Situação dos Mananciais


Veja abaixo algumas dicas de como economizar água.

 Clicando na imagem abaixo Simule o consumo de água em sua casa ou apartamento


Manual de Etiqueta da Água
Fonte: Planeta Sustentável

We Also Got


Para os apaixonados por carro | Como economizar água 
e ainda deixar o carro limpo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário